Tendências para o Mercado de Restaurantes

Alberto Ramos d’Oliveira

Organização no preparo do prato, cada vez mais importante no mercado de restaurantes

O mercado de restaurantes sempre sofreu mudanças, pois é um dos meios mais competitivos que existe, saber fugir do padrão faz total diferença. Um dos principais casos de sucesso, apesar das controvérsias é o Mc Donalds, podemos observar no filme “Fome de poder”. Fazer diferente e fazer com estratégia coloca seu negócio um passo à frente dos demais.

O mundo vem voltando à normalidade, após a pandemia muitas coisas se adaptaram e melhoraram, inclusive o mercado de restaurantes, que foi um dos que mais precisou se renovar para atender a alta demanda das entregas (delivery).

Logo, a organização e o planejamento dessa nova fase foi essencial para o mercado de restaurantes se manter em pé. E claro, é importante aplicar no seu restaurante o estilo de vida do seu público-alvo.

 

Diante disso, a EJEM apresenta 7 tendências aplicadas em restaurantes e bares!

1° Comida saudável e/ou sustentável

Nesse século, o estilo de vida dos consumidores está mudando, assim como a preocupação com o ambiente. Logo, aplicar práticas sustentáveis no seu negócio é um diferencial no mercado de restaurantes, pois um comércio preocupado com a natureza passa mais confiabilidade aos clientes.

Além da sustentabilidade, acrescentar um cardápio saudável atrai uma clientela maior, já que atinge um público mais diversificado. Com um cardápio mais amplo, mais chances de obter sucesso!

2° Delivery

Com a pandemia, o delivery se tornou essencial para a manutenção financeira do mercado de restaurantes. Diante disso, é essencial ter um bom conhecimento digital e saber se esquivar das dificuldades da entrega, como atrasos, comida fria e com características diferentes da inicial. Um dos alimentos que mais teve soluções criadas foi a batata frita, que por alguns restaurantes foi substituída pela batata chips e outros restaurantes modificaram a embalagem.

Apesar do retorno da possibilidade da alimentação no local, as entregas feitas pelos motoboys continuarão acontecendo com frequência, já que é uma facilidade para o consumidor. Sendo assim, é essencial uma boa organização da cozinha para atender a demanda.

3°Dark kitchens

A dark kitchen, cozinhas de restaurantes, são feitas voltadas para a entrega de comida, o delivery. Normalmente, os restaurantes alugam ou compram um espaço pequeno onde é construída apenas a cozinha e nesse local são recebidos e preparados os pedidos.

No Brooklyn, em São Paulo, há um espaço compartilhado entre restaurantes apenas para essas cozinhas, e no local é feito o controle dos pedidos.

É uma alternativa muito interessante para o mercado de restaurantes e virou tendência em meio a pandemia e tende a continuar crescendo no meio. Gera redução de custos para restaurantes, já que é um processo de preparo e entrega de comida mais otimizado. Atende bem o público que faz pedidos por aplicativo.

 

4° Ambiente ventilado

Restaurantes com uma boa circulação de ar e/ou com áreas abertas estão cada vez mais virando tendência. Com a questão do vírus, as pessoas passaram a se importar mais com o ambiente em que estão se alimentando.

Em locais fechados, sem troca de ar, os vírus costumam se acumular e doenças são passadas para outras pessoas com maior frequência. Portanto é importante reconsiderar a ventilação do local ou até mesmo criar uma área externa, dessa forma irá atrair mais o público, sendo um diferencial no mercado de restaurantes.

5° Acessibilidade

A acessibilidade não é só uma tendência como também uma necessidade. Ter banheiros adaptados para PCD e espaço para locomoção de cadeira de rodas torna o ambiente melhor, onde todos clientes podem se sentir à vontade. Aplicar isso no restaurante gera um atrativo para o público que tem deficiência e melhora a reputação do local, quando as práticas de acessibilidade são bem aplicadas.

6° Food-Trucks

Os food-trucks já eram uma tendência antes da pandemia, nesse momento, com o retorno de atividades presenciais, ter esse meio de vendas de alimento volta a ser uma alternativa.

Há diversas qualidades em ter um food-truck, como: divulgação do restaurante, se existe um restaurante fixo, o food-truck do restaurante pode ser a porta de entrada para a popularização do mesmo, e um alcance maior com menos gastos, nesse meio é possível estar onde o público-alvo está e gastos como IPTU não existem. Pode ser mais lucrativo.

7° Comunicação com o cliente

Com o distanciamento gerado pela pandemia, a comunicação tornou- se mais difícil. Para um restaurante manter seus clientes por perto, ele precisa estabelecer contato de alguma forma. Logo, usufruir de recursos como o Instagram é um meio de informar seus clientes sobre as novidades e as formas de atendimento, por exemplo.

Portanto, estar sempre ligado ao cliente, possibilita que as vendas continuem ocorrendo com normalidade e contribui para o sucesso do negócio em meio ao mercado de restaurantes.

Mas como essas tendências podem trazer retornos quando aplicadas? A Ejem te mostra!

Redução do tempo de produção e gastos

Nesse tempo em que o mercado de restaurante está funcionando tanto presencialmente quanto por delivery, fazer  otimizar o funcionamento da cozinha é ideal, pois o que afasta muitas pessoas de um restaurante/ bar é o atraso no preparo e entrega da comida.

Portanto, ter um planejamento de layout na cozinha, por exemplo, principalmente nas dark kitchens agiliza consideravelmente o processo de produção de um alimento. Assim, além de ter uma boa produtividade, reduz gastos e desperdícios de alimentos, que para a sustentabilidade do mundo é excelente.

Preparo dos meios de entrega

Sofremos bastante com a falta de preparo dos restaurantes quanto ao delivery. Muitas pessoas passaram a considerar um restaurante ruim por isso, logo, um guia de delivery evitaria dor de cabeça tanto para o consumidor, quanto para o vendedor, já que torna o restaurante mais preparado para esse meio de entrega.

Estratégia/ plano de negócios

Quando pensamos em aplicar algo novo, como renovar o cardápio ou mudar o método de trabalho, precisamos ter em mente como fazer isso. Ter um plano de ação no mercado de restaurante se torna muito importante, quando vários empreendimentos culinários fecharam as portas por terem agido pela impulsividade durante a pandemia.

Agora, quando as estratégias são traçadas e há um planejamento por trás do empreendimento, vai ser possível contornar os momentos de dificuldade. Dessa forma, tendo boas estratégias, o restaurante terá uma base para alcançar resultados e superar barreiras. O plano de negócios irá gerar vários benefícios que podem levar um restaurante ao sucesso.

Reforma

Diante das necessidades dos clientes e tendências, como ter um espaço aberto no restaurante e adaptado para pessoas com deficiência, torna-se necessária a renovação do espaço.  Ter um restaurante com um ambiente confortável para todos, ainda mais com a reabertura presencial, torna esse local mais atraente para o público.

Contudo, o mercado de restaurantes é um meio que gera custos, e em uma reforma ter um projeto é um meio de reduzir gastos. Otimizar os gastos é essencial para ter lucro e, consequentemente, sucesso no meio gastronômico.

Conclusão

Estar sempre abertos às tendências e inovações do mercado de restaurante é importante, mas saber como aplicá-las é o que fará seu negócio ter lucro e sucesso. Diante do apresentado e do momento em que vivemos a redução de desperdícios e a facilitação da produção, ou seja, ter uma estratégia formada, te fará estar um passo à frente e mais perto de uma estabilidade positiva.

Banner newsletter

Quem somos

Empresa Júnior desde 2011 atuando no mercado profissional com qualidade e capacidade de realizar projetos com alta performance e atender as necessidades de nossos clientes.

Horário de funcionamento

Segunda a sexta
10:00 – 18:00

Telefone

(11) 99260-4172

Acompanhe-nos

Rolar para o topo
Mande uma mensagem!
1
Conte como podemos te ajudar!
Olá!
Fale com a EJEM pelo Whatsapp e faça seu orçamento agora!