O “Projetão”: O planejamento completo por trás de uma obra

O “Projetão”: O planejamento completo por trás de uma obra

Bruna Frare e Taís Hayar

Homem analisando planejamento de um projeto com qualidade

Antes de realizar uma obra, efetuar um planejamento prévio é o mais aconselhado a fazer, poupando tempo, dinheiro, e dor de cabeça desnecessária. Mas você pode estar se perguntando: como devo realizar esse planejamento, se nem sei bem por onde começar? Uma empresa júnior pode ajudá-lo!

O planejamento realizado por uma empresa júnior inclui todas as informações necessárias para a futura execução de uma obra, desde a realização do projeto arquitetônico, até o layout e design do local. Nesse texto, explicaremos todo o processo que é realizado por uma empresa júnior ao efetuar o planejamento de um projeto do zero, do exterior ao interior.

A etapa inicial do planejamento de uma obra por uma empresa júnior é a realização do projeto arquitetônico. Este serviço engloba uma série de informações estruturais e peças gráficas necessárias para a realização da obra, começando pela planta baixa. A planta baixa permite a visualização da estrutura do imóvel, com diversas informações importantes a respeito da área, níveis de pisos, localização de portas de janelas, áreas permeáveis, etc.

Além dessa planta, cortes e elevações são realizados. Os cortes facilitam a visualização lateral e interna do imóvel, e as elevações mostram uma visão lateral e frontal levando em conta o terreno do lote. A paginação e a implantação também são realizadas, sendo elas o estudo de instalação do piso e do telhado, respectivamente. As Empresas Juniores também ficam responsáveis por realizar, por fim, o memorial descritivo de uma obra, que seria o mapeamento dos materiais que serão utilizados no projeto como tintas e revestimentos, e o projeto estrutural do imóvel, que determina os elementos estruturais que têm como objetivo sustentar a edificação, mantendo-a estável.

Em meio a todo esse planejamento, é mantida a garantia de que o imóvel em sua totalidade estará dentro das normas do Código de Obras e Edificações e diversas normas técnicas, referentes a representação do projeto arquitetônico, das atividades técnicas e da arquitetura do projeto. Dependendo do caso, o imóvel também deverá estar dentro da NBR 9050, que é a norma que garante acessibilidade em locais adaptados para pessoas com necessidades especiais. Essa norma é aplicada principalmente em espaços públicos, ou em construções adaptadas.

Além de todas as etapas do planejamento, vale ressaltar a parte legal do projeto também é realizada pela empresa júnior. É realizado o projeto simplificado, uma apresentação reduzida do projeto que será feito. O cliente precisará apenas entregar os documentos para a prefeitura e esperar a aprovação do projeto, que consequentemente deve ocorrer. A realização do projeto arquitetônico não depende apenas da garantia de que as normas estão sendo seguidas, mas também da vontade do cliente, incluindo em meio ao processo uma necessidade criativa para que o cliente fique plenamente satisfeito. Quando finalizado, outras etapas do projeto são iniciadas, usando-o como base para instalações elétricas, hidráulicas, dentre outros projetos complementares.

Outra etapa importante é o projeto elétrico, que consiste na representação gráfica de todas as futuras instalações elétricas de uma residência. É nele que o projetista define em quais locais serão instalados os pontos de iluminação, as tomadas, os interruptores, os circuitos elétricos, a posição do quadro de distribuição e dos dispositivos de proteção, entre outros detalhes da instalação elétrica.

Diante desse contexto, o profissional precisa entender quais são os eletrodomésticos e eletroeletrônicos que o cliente quer utilizar em cada cômodo da casa.

Vale lembrar que futuras aquisições também precisam ser levadas em conta na hora de fazer a instalação elétrica residencial. Também é importante que a instalação elétrica traga praticidade na hora de usar os eletrodomésticos e eletroeletrônicos.

Com o avanço da tecnologia, a facilidade de usar vários aparelhos simultaneamente tem se tornado uma exigência na hora de fazer a instalação elétrica. Portanto, instalação elétrica começa com o desenho da planta baixa da residência, junto com a planta de layout, que determina onde estarão os móveis, onde a TV será pendurada na parede, dentre outros. Tudo isso deve ser levado em consideração para que um bom projeto de elétrica seja feito, e para não haver erros como tomadas atrás de sofás, tomadas subutilizadas em alguns lugares, ou até tomadas em alturas erradas nas paredes.

O projeto luminotécnico também é essencial para criar o projeto elétrico e iniciar a instalação elétrica.

Uma instalação elétrica residencial tem também como objetivo oferecer segurança aos moradores de acordo com os padrões definidos pela ABNT.

Todas as informações exigidas pelas normas como as de segurança em projetos exigidos pela NR10, as normas técnicas NBR5410 Instalações elétricas de baixa tensão, NBR5444 Símbolos gráficos para instalações elétricas prediais e outras que sejam necessárias, devem estar reunidas no memorial descritivo do projeto, que nada mais é que as informações escritas e tabelas do projeto de instalação.

 

Pessoas realizando o planejamento de uma obra

O planejamento hidráulico também é realizado logo após a finalização do projeto arquitetônico, e envolve a descrição dos sistemas hidrossanitários, organizando as redes de água fria, água quente, despejo de esgoto sanitário, água pluvial e captação e reuso da água Com ele, será possível realizar o planejamento e o posicionamento ideal dos pontos de água, assim como o caminho das tubulações, a localização do hidrômetro e o suporte da caixa d’água, se houver. Para um bom projeto hidráulico, os profissionais responsáveis terão de atender as exigências descritas nas normas técnicas NBR 5698/98, garantindo que as instalações sejam feitas da maneira correta e com os materiais necessários e de boa qualidade, na NBR 8160, de sistemas prediais de esgoto sanitário, na NBR 5626, de instalações prediais de água fria, e por fim na NBR 7198, de projeto e execução de instalações prediais de água quente. Com esse planejamento hidrossanitário realizado, o bom funcionamento das instalações hidráulicas, se instaladas de acordo com o plano realizado, será garantido, assim como a economia de tempo e dinheiro na obra.

O processo de construção de um imóvel é extremamente complexo, são diversas etapas que precisam ser pensadas em conjunto para que então o imóvel esteja de pé. O projeto de layout é uma importante etapa deste planejamento do imóvel e precisa de atenção especial para a construção de um espaço funcional.

Um projeto de layout de interiores se refere à organização interna dos ambientes do imóvel. Seu principal objetivo no projeto arquitetônico é a otimização dos espaços e fluxo de pessoas, garantindo assim o melhor desempenho possível das atividades a serem realizadas no imóvel em questão.

O projeto de layout é muito importante também para a concepção de demais projetos complementares do imóvel. Tais como o projeto de Instalações Elétricas, por exemplo, já que a posição dos móveis no ambiente irá influenciar diretamente na definição dos melhores pontos de instalações de tomadas, interruptores e a parte elétrica do ambiente como um todo.

Outra etapa importante de um bom projeto é o projeto de decoração. Uma das grandes vantagens de fazê-lo é ter a garantia de um ambiente agradável, onde as cores, os móveis e sua disposição, combinam para que não causem nenhum tipo de enjoo com o tempo ou vontade de mudar tudo de novo.

Outra super vantagem que você tem ao contratar um projeto de decoração é a economia que você terá ao concluir toda a execução. Essa economia existe simplesmente porque o profissional responsável pelo seu projeto irá pensar tudo conforme o orçamento que você tem disponível.

Além disso, irá mensurar cada detalhe e medida, para que não ocorram desperdício na hora de comprar os materiais necessários para a execução, como por exemplo, tintas.

Alguns ambientes têm um formato difícil de explorar, mas é possível que o profissional tenha boas ideias para resolver esse impasse e tornar o espaço útil. Além disso, a decoração e os móveis planejados deixam o local com outra cara, inclusive tornando-o mais funcional.

Um profissional também está preparado para observar as referências escolhidas pelo cliente e adaptá-las ao projeto. No entanto, quando o cliente não tem ideia de por onde começar, o profissional pode mostrar algumas opções que combinam com ele. Sem essa ajuda, existem grandes chances de o ambiente ficar sem originalidade, ou muito pesado com fatores que não harmonizam entre si.

Além disso, existem muitas opções de materiais no mercado, e é importante consultar um profissional para saber qual é a mais adequada para a obra. Alguns materiais parecem de alta qualidade, mas não cumprem o que prometem, ou não são adequados para aquele ambiente.

Todas essas etapas são essenciais para a realização de um bom projeto, e é de extrema importância que sejam feitas com pessoas especializadas em cada uma delas. Na Jovens Projetistas todos esses projetos podem ser realizados por estudantes da Universidade que estão em contato direto com esses assuntos diariamente, sempre contando com a ajuda de profissionais e professores, assim garantindo que os projetos sejam entregues com a maior qualidade e preço possíveis.

Quem somos

Empresa Júnior desde 2011 atuando no mercado profissional com qualidade e capacidade de realizar projetos com alta performance e atender as necessidades de nossos clientes.

Horário de funcionamento

Segunda a sexta
10:00 – 18:00

Telefone

(11) 97694-5672

Acompanhe-nos

Rolar para o topo
Mande uma mensagem!
1
Conte como podemos te ajudar!
Olá!
Agora você pode falar com a EJEM, pelo WhatsApp.