ORGANIZAÇÃO FINANCEIRA: COMO ISSO PODE AJUDAR A SUA EMPRESA

Leonardo Cruz

(Na imagem vemos uma calculadora, uma caneta e algumas contas)

Muitas vezes a organização financeira é colocada em segundo plano dentro de uma empresa. É comum pequenos empresários darem prioridade às vendas e à produção, deixando de executar um controle que permita reconhecer todas entradas e saídas de dinheiro.

Com isso acabam surpreendidas ao final do mês quando recebem o extrato. Esse cenário aumenta os gastos e os erros de uma maneira geral.

A organização financeira e a gestão do capital é fundamental na tomada de decisões e aumenta a possibilidade de sucesso da sua empresa. Tendo isso em mente vamos considerar algumas formas de trazer a saúde financeira para o seu negócio junto aos seus benefícios.

1. Faça um planejamento orçamentário

Fazer um plano estratégico estipulando as principais receitas, despesas e investimentos num período mensal, semestral ou até mesmo anual vai auxiliar a gerir o dinheiro do seu estabelecimento.

Através dessa tarefa faz-se uma previsão do futuro e pode-se preparar para cenários diversos. Para obter maior precisão essa atividade deve ser baseado no histórico da empresa e as condições reais do mercado.

É importante sempre comparar a realidade com aquilo que foi planejado dessa forma pode-se reconhecer os “pontos fora da curva”

A melhor forma de identificar gastos que possam ser reduzidos ou evitados é mapear e avaliar os processos da sua empresa certificando se que estão sendo seguidos da melhor forma possível.

2. Tenha um fluxo de caixa

O fluxo de caixa é uma atividade primordial quando se fala em gestão financeira. Através dele registra-se toda movimentação de dinheiro dentro da empresa.

Facilitando controle sob as despesas e a mensuração dos ganhos. Para ter um retrato confiável da realidade é importante ser detalhista e não deixar nenhum gasto ou recebimento passar, todos devem ser registrados no fluxo de caixa.

3. Reduza custos

Um aspecto aparentemente simples e que pode trazer grande melhora nos resultados. Os gastos são comuns para se realizar atividades dentro de uma empresa.

Mesmo assim é necessário atuar ativamente para evitá-los sempre que possível. A melhor forma de identificar gastos que possam ser reduzidos ou evitados é mapear e avaliar os processos da sua empresa certificando se que estão sendo seguidos da melhor forma possível.

4. Tenha capital de giro

Toda e qualquer empresa necessita de um capital de giro para que o negócio possa acontecer com maior segurança e tranquilidade. Esse dinheiro extra em caixa é necessário para que a empresa possa honrar seus compromissos imediatos ou inesperados sem necessidades de empréstimos bancários.

Dependendo do ramo e do porte da sua empresa o “tamanho” desse capital pode variar mas, é preciso ser o mais preciso possível para evitar perdas e/ou dinheiro parado. Tudo isso vai auxiliar na construção de uma boa imagem da sua empresa perante o mercado impactando de alguma forma clientes e fornecedores.

São diversas atitudes e atividades que podem auxiliá-lo a alcançar uma organização financeira dentro da sua empresa. Saiba que esse aspecto é tão importante para sua empresa quanto vendas e produção, não deixa a saúde financeira do seu negócio em segundo plano.

Ter um negócio requer inúmeros cuidados. Não deixe que o dinheiro seja uma “dor de cabeça”

Rolar para o topo