Incêndio em Condomínios: Uma Tragédia Anunciada

Isabella Tolim

como prevenir incêndio em condomínios, bombeiro

Incêndios em condomínios são de grandes proporções, sendo iniciados por pequenos incidentes e quando divulgados nos noticiários, causam comoção nacional e internacional. A Boate Kiss, localizada no Rio Grande do Sul, foi cenário de um desses incêndios comoventes.

            Segundo a revista Veja , mais de 230 jovens morreram devido ao incidente na boate.  Faíscas de um instrumento pirotécnico atingiram o teto, no qual havia um isolamento acústico de espuma sintética, provocando chamas. Além de ser altamente inflamável, contribuindo para o alastramento do fogo, a espuma liberou gases tóxicos rapidamente.

            A Globo conta que uma série de negligências potencializou o incêndio e diminuiu as chances das vítimas sobreviverem. O não cumprimento das normas de segurança contra incêndios foi determinante para a tragédia, pois tudo poderia ser evitado. O extintor que ficava ao lado do palco, aonde as chamas iniciaram, falhou porque estava inoperante. Os funcionários e artistas contratados não tinham treinamento adequado para situações de incêndio. Não havia porta de saída de emergência para fuga, apenas uma única para entrada e saída da boate. Além disso, a iluminação de emergência foi ineficiente, fazendo muitas pessoas não acharem a saída.

           Apesar de não serem muito noticiados, incêndios em condomínios ocorrem frequentemente. Se não há um plano de ação preventivo para incêndios, em minutos, uma tragédia que pode ser evitada, acontece. O fogo começa normalmente em um apartamento ou casa, e se espalha para as outras residências rapidamente. Uma das causas mais comuns dos incêndios em condomínios é a sobrecarga de energia em tomadas, gerando curto-circuito.

            Outros focos iniciais de incêndios em condomínios podem ser:

  • Panelas esquecidas no fogão, próximas de tecidos, como pano de prato e toalhas;
  • Crianças que por descuido brincam com fogo;
  • Vazamento de gás de cozinha;
  • Panes em eletrodomésticos;
  • Ventiladores próximos de cortinas ou outro tecido.
como prevenir incêndio em condomínios, bombeiro

Para evitar que pequenos focos de chamas tornem-se um grande incêndio há normas específicas, estipuladas pelos bombeiros.  O Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) é um laudo que comprova a segurança contra incêndios.

As exigências para a obtenção do AVCB variam de acordo com a edificação e com a sua função. No caso dos condomínios, as exigências são mais voltadas para os seguintes parâmetros:

  • Adequação de extintores e mangueiras;
  • Brigada de incêndio (treinamento de funcionários e condôminos);
  • Portas corta-fogo;
  • Desobstrução de escadas e rotas de fuga.
Extintor e mangueira de água para prevenção de incêndio em condomínios

O cumprimento de todas as normas corretamente salvam vidas e estruturas na hora da emergência. Muitos condomínios ignoram o AVCB, pelo gasto que se teria com o investimento em estrutura, treinamento e vistoria. Portanto, é fundamental considerar que vidas são irrecuperáveis e que reconstruir é mais caro do que prevenir.

Em maio de 2018, um prédio ocupado por moradores, irregularmente, desabou em São Paulo durante um incêndio. Segundo a Globo, o incêndio começou através de um curto-circuito em uma tomada sobrecarregada com três eletrodomésticos. Tendo início em uma moradia no quinto andar, o fogo se alastrou rapidamente pelos demais 23 andares. Em torno de uma hora e meia, a estrutura do edifício não aguentou e veio ao chão.

Deixando sete mortes e dois corpos desaparecidos, essa tragédia comoveu a população brasileira. Além das mortes e desaparecimentos, o acontecimento deixou os sobreviventes desabrigados, obrigando-os a improvisar acampamentos no meio da cidade, se tornando mais um na lista de incêndios em condomínios do país.

As pessoas só se atentam à necessidade e urgência de um planejamento para incêndios quando casos assim acontecem. Os moradores habitavam um edifício abandonado, sem qualquer prevenção mínima para emergências, que poderia ter salvado vidas. Um condomínio sem as medidas de segurança e plano de ação contra incêndios é uma tragédia anunciada. Muitos incêndios domésticos e incêndios em condomínios tornaram-se grandes devido à falta de prevenção, ou seja, a destruição poderia ser amenizada e até evitada.

Prédio consumido pelo fogo, exemplo de incêndio em condomínios

Condomínios que não possuem o laudo dos bombeiros atualizado estão sujeitos a tragédias como as citadas aqui. Durante um incêndio é vital ter todos os equipamentos necessários, principalmente para tentar conter o foco inicial das chamas. E, o controle do pânico também é essencial para preservar as vidas. Por isso, é tão importante certificar a segurança preventiva dos condomínios. Através do AVCB, é possível ter a garantia de que estão preparados para qualquer situação emergencial, evitando mais incêndios em condomínios.

Quem somos

Empresa Júnior desde 2011 atuando no mercado profissional com qualidade e capacidade de realizar projetos com alta performance e atender as necessidades de nossos clientes.

Horário de funcionamento

Segunda a sexta
10:00 – 18:00

Telefone

(15) 99615-4524

Acompanhe-nos

Rolar para o topo
Mande uma mensagem!
1
Conte como podemos te ajudar!
Olá!
Fale com a EJEM pelo Whatsapp e faça seu orçamento agora!