A importância do PMOC na manutenção de ar condicionado

Isabella De Macedo e Lucas Mancilha

Em um país tropical como o Brasil é indispensável ter conforto térmico. Para isso a manutenção de ar condicionado é essencial para que o aparelho cumpra suas funções da maneira adequada e segura. Mas você sabe qual a importância da manutenção do ar condicionado?

PMOC é a sigla para Plano de Manutenção Operação e Controle, um documento que apresenta o conjunto de procedimentos e a periodicidade com a qual os aparelhos de climatização artificial de determinado ambiente devem ser analisados em relação a seu estado de conservação, limpeza e integridade de seus componentes.

 O Plano de Manutenção é obrigatório pela lei 13.589/2018 para todos os locais de uso público ou coletivo que façam uso de equipamentos climatizadores de ar. Para aqueles que possuam o somatório de capacidade dos climatizadores acima de 60.000 BTU/h é necessário ter um responsável técnico. Qualquer ambiente que atenda esses requisitos precisa seguir com as normas previstas por lei, estabelecimentos como shoppings, mercados, lojas, escolas, creches, clínicas, hospitais, restaurantes e academias são alguns exemplos de ambientes que podem precisar do PMOC.

Um dos principais aparelhos de climatização que temos no mercado hoje é o ar condicionado. Através do PMOC a manutenção de ar condicionado é feita de maneira assertiva seguindo as normas impostas pela ANVISA. 

Quanto à Lei 13.589/2018 que obriga todos os edifícios coletivos ou públicos a terem o PMOC em garantia a saúde e segurança de seus usuários. Com o cumprimento da lei é possível prevenir problemas de saúde. Assim, é importante ter ele em mente durante o processo do projeto arquitetônico de algumas empresas e no projeto de climatização delas. Caso tenha alguma dúvida sobre a lei, consulte o site da ABRAVA (Associação Brasileira de Refrigeração, Ar condicionado e Aquecimento).

Para a elaboração do Plano de manutenção de ar condicionado é necessário possuir a ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) emitida pelo CREA local. Considerando isto, o responsável pelo processo pode dividi-lo em duas etapas: a química e a mecânica. Desta forma garante uma rotina de manutenção dos climatizadores, assegurando a boa qualidade do ar ambiente.

Análise Química:

O intuito deste processo é verificar se os aspectos microbiológicos do ambiente estão dentro do esperado. É necessário levar em consideração a variação de acordo com o ramo de atuação, havendo diretrizes para locais específicos, como estabelecimentos da saúde ou do ramo alimentício. 

Para esta etapa são necessárias 4 fases para verificar a qualidade do ar:

  • Visita ao local
  • Coleta de amostras
  • Análise das amostras em laboratório
  • Resultado da verificação

Por meio das informações obtidas é possível verificar se as variáveis seguem os critérios exigidos pela ANVISA. Assim, garante-se um ambiente propício e seguro para a saúde e bem estar das pessoas. Normalmente contrata-se uma empresa para a realização desta coleta e análise laboratorial. Sendo indicado que ocorra periodicamente, sempre verificando o funcionamento do aparelho e a qualidade do ar.

Análise Mecânica:

Na etapa mecânica ocorre a elaboração das diretrizes para que as empresas cumpram as normas necessárias. Para a manutenção de ar condicionado algumas informações devem estar no PMOC: 

  • Identificação do estabelecimento, assim como os dados do proprietário
  • Identificação do responsável técnico
  • Identificação dos ambientes climatizados
  • Identificação dos aparelhos de climatização
  • Plano de Manutenção e Controle, de forma que contenha todos os procedimentos necessários para a manutenção de ar condicionado, assim como a periodicidade das atividades.

Nessa parte ocorre o cadastramento dos equipamentos, onde há uma análise de cada aparelho individualmente, além da implementação do Plano em si e a manutenção de ar condicionado de fato.

Os dados são recolhidos pelo profissional responsável pela elaboração dos documentos. Essa fase pode ser realizada por um responsável técnico legalmente habilitado pelo seu respectivo órgão de classe. Alguns desses profissionais são engenheiros mecânicos, assim como técnicos/tecnólogos em mecânica.

Como ocorre a fiscalização

Como citado anteriormente, o não cumprimento da Lei pode acarretar multas. Além de que, a falta da manutenção aumenta as chances de problemas com o aparelho, colocando em risco a saúde daqueles que o utilizam. 

Para assegurar que os estabelecimentos estão seguindo as diretrizes necessárias, são realizadas inspeções dos órgãos sanitários. Tendo isso em vista, é importante ter profissionais técnicos de confiança e aptos para realizarem a fiscalização do sistema de climatização. 

A periodicidade das verificações variam de acordo com o local:

  • Verificações Mensais: são indicadas para ambientes com muitas áreas climatizadas.
  • Verificações Bimestrais: são indicadas para residências, empresas ou salas comerciais.
  • Verificações Semestrais: são indicadas para residências que possuem uma demanda de apenas duas manutenções ao ano.

Benefícios da manutenção de ar condicionado

Agora que você já sabe quais são as etapas e a importância de um plano de manutenção conheça alguns de seus benefícios.

1. Redução do consumo de energia

A manutenção de ar condicionado feita de forma regular permite que o aparelho funcione de maneira mais apropriada. Além disso, com a lubrificação, limpeza e manutenção do equipamento em dia ele trabalha dentro de suas capacidades impedindo o superaquecimento dos componentes e o entupimento dos filtros diminuindo o uso de energia elétrica. Assim a manutenção de ar condicionado garante a redução dos gastos com a conta de luz

2. Melhoria na qualidade de vida

O Plano de Manutenção Operação e Controle exige o acompanhamento periódico das condições de limpeza, higiene e estado dos componentes do equipamento de climatização artificial. Isso diminui os riscos de contaminação do ar, que deve ser monitorado através da etapa de análise química do PMOC garantindo a qualidade do ar. Esse monitoramento é essencial para evitar doenças causadas pela poluição do ar e pela proliferação de fungos e bactérias.

Em um cenário de pandemia como a da covid – 19, o controle e a qualidade do ar tornaram-se ainda mais fundamentais para manutenção da qualidade de vida e segurança de todos. Seguindo os parâmetros de controle impostos pela Associação Nacional de Vigilância Sanitária é comprovado e assegurado uma maior segurança dos ocupantes do local.

3. Aumento da vida útil dos equipamentos

Com a manutenção de ar condicionado periódica é possível manter as peças do aparelho em bom estado por mais tempo. Já que com o acompanhamento regular do equipamento será evitado o acúmulo de sujeira, o que prejudicaria seu funcionamento e quando uma peça apresentar sinais de desgaste ou falha poderá ser feita a manutenção corretiva diminuindo a chance de quebra do aparelho e aumentando sua vida útil.

4. Adequação a leis e regulamentações de saúde

Como já citado, o PMOC é obrigatório por lei, sendo fundamental para garantir a saúde, segurança e legalidade de seu estabelecimento. O descumprimento dessa lei pode gerar multas que variam de R$2.000,00 até R$1.500.000,00 dependendo da gravidade da situação. Para além disso, o plano de manutenção é regulamentado pela Resolução RE nº 9 da Anvisa que apresenta os procedimentos e indicadores para manutenção e qualidade do ar.

5. Aumento da produtividade

O Brasil é um país que sofre com grandes variações de temperatura nas estações do ano. Temperaturas extremas tanto o calor como o frio prejudicam o desempenho e produtividade dos funcionários, por isso, o conforto térmico é importante para o dia a dia no trabalho. Tal problema pode ser resolvido com o uso de aparelhos climatizadores de ar, o que permite a escolha de uma temperatura agradável. Mas para isso, eles devem estar em bom estado de funcionamento e higiene, que são garantidos através da manutenção de ar condicionado.

Onde se aplica o procedimento

O PMOC é indicado para edificações de uso coletivo, abrangendo os ambientes climatizados por qualquer aparelho condicionador de ar. Alguns sistemas de climatização que necessitam dos procedimentos abordados no PMOC:

  • Aparelhos de ar condicionado
  • Torre de Resfriamento
  • Bomba de Recirculação
  • Coifa e exaustor
  • Climatizadores evaporativos
  • Câmaras frias
Banner newsletter

Quem somos

Empresa Júnior desde 2011 atuando no mercado profissional com qualidade e capacidade de realizar projetos com alta performance e atender as necessidades de nossos clientes.

Horário de funcionamento

Segunda a sexta
10:00 – 18:00

Telefone

(15) 99615-4524

Acompanhe-nos

Rolar para o topo
Mande uma mensagem!
1
Conte como podemos te ajudar!
Olá!
Fale com a EJEM pelo Whatsapp e faça seu orçamento agora!