Importância da Energia Solar na Construção Civil

Lucineide Luzia José Machava e Pedro Miazzo

Placas de captação de energia solar

Provavelmente você já deve ter olhado para o tanto de energia elétrica que é consumida em residências e ter se pensando em investir em outro meio mais barato. Ou já deve ter pensando em uma forma sustentável de obtê-la e ficou na dúvida sobre sua eficácia!

Gráfico de utilização de energia ao decorrer dos anos.

Bom, um método que resolveria este problema é o uso da energia solar em placas fotovoltaicas para a obtenção de energia elétrica na construção civil.

Você deve estar se perguntando, mas como funciona este método?

Então vamos entender mais sobre este método que pode mudar a forma como você observa a energia solar.

Vamos começar?!

 

O que é Energia Solar?

A energia solar é a energia eletromagnética cuja fonte é o sol. A cada instante, este libera pequenos pacotes de energia, chamados fótons, que percorrem aproximados 150 milhões de quilômetros, em cerca de 8,5 minutos, para chegar a Terra.

A cada hora que passa, a quantidade de fótons que atinge nosso planeta seria capaz de gerar energia suficiente para, teoricamente, satisfazer as necessidades energéticas globais por um ano inteiro.

No que se refere ao Brasil, cuja maior porção do território se encontra na zona tropical do planeta, a alta incidência dos raios solares proporciona ao país um grande potencial de geração de energia proveniente do sol.

De acordo com os relatórios anuais da Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês) a energia solar se tornou a fonte de energia, renovável ou não, que mais cresce no mundo.

Um dos usos na qual ela é aplicada é a transformação em energia elétrica, esta que  funciona a partir de placas solares que captam luz, empregando o calor dos raios solares para geração de eletricidade em sistemas de energia solar fotovoltaica, isto é, em que a irradiação solar é convertida diretamente em energia elétrica. (falaremos disso daqui a pouco).

A energia solar vem sido utilizada em residências, comércios, indústrias, em áreas rurais e na construção civil, sendo uma ótima opção para economia na conta de luz, além de ser uma energia alternativa, com maior facilidade de implementação, menor espaço utilizado, renovável e limpa.

Um fato curioso é o fato de a construção civil responder por mais de 50% do consumo de energia elétrica nacional. Os dados informados estão disponíveis no Anuário de Energia Elétrica da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), de 2017.

Segundo o relatório acima mencionado, desde a fase de projeto e durante a vida útil da edificação, os gastos com energia são enormes. Assim, observa-se a urgência em fazer investimentos em fontes de energia sustentáveis.

Uma das formas de fazer isso é usando a energia solar fotovoltaica.

 

Mas o que é Energia Solar Fotovoltaica?

Como dito anteriormente, uma das formas de transformar energia solar em elétrica é por meio de sistemas de energia solar fotovoltaica.

O termo “fotovoltaica” vem do grego (Phos), que significa “luz”, e “volt”, a unidade de força eletromotriz, que por sua vez vem do sobrenome do físico italiano Alessandro Volta, inventor da pilha. O termo “fotovoltaica” tem sido usado em Inglês desde 1849.

 Neste método, a energia é gerada quando um fóton de luz incide sobre o material do módulo, que comumente é o silício, contribuindo com a diferença de potencial gerando uma tensão e por consequência a produção de corrente elétrica.

 Hoje, a eficiência de um painel solar é de média de 15 a 20%, tendo os mais eficientes sendo um pouco maior que 22%, sendo assim um painel de 200 kWh gera aproximadamente 0,27 kW. Porém, com as novas patentes de módulos de grafeno a eficiência pode chegar a 100%.

Um sistema fotovoltaico é composto principalmente por: módulos fotovoltaicos, inversor, bateria e relógio bidirecional. Componentes esses que podem ser comprados em kits baseados no projeto dimensionado especialmente para o cliente, facilitando o processo de compra e instalação do sistema.

 

E como a energia solar fotovoltaica é transformada em eletricidade?

A energia solar é convertida em eletricidade por meio do efeito fotovoltaico, que ocorre quando partículas de luz solar colidem com os átomos presentes no painel solar, este que gera movimento dos elétrons e cria a corrente elétrica que chamamos de energia solar fotovoltaica.

Para poder ser utilizada em residências e comércios, é necessário que ocorra uma conversão da corrente elétrica alternada gerada em corrente contínua, que é a corrente de baixa tensão. O inversor solar é o equipamento responsável por essa conversão, transformando a corrente elétrica e deixando-a pronta para uso no local.

Segundo a Aneel, em 2019 o Brasil instalou mais de 110 mil sistemas fotovoltaicos de mini e microgeração, isso que corresponde a R$ 4,8 bilhões e 15 mil profissionais trabalhando na área.

 

Entendi como funciona, mas como a construção civil pode beneficiar disso?

Como referido anteriormente, a construção civil é responsável por grande parte da energia elétrica gerada e distribuída. Ademais, o setor é tido como uma das áreas de maior impacto negativo quando o assunto é o meio ambiente. Poder reduzir esse impacto é uma das grandes metas da construção civil.

Desta forma, uma fonte de energia limpa e renovável teria muito a agregar nessa área, tanto com a execução de obras mais sustentáveis e econômicas quanto pelo maior valor agregado de imóveis que contam com o próprio sistema fotovoltaico.

Uma boa notícia é que a aplicação da energia solar na construção civil não é uma tarefa complicada. Para isso, basta um pouco de estudo para realizar o dimensionamento adequado do sistema e instalá-lo no empreendimento, que pode ou não já ter sido construído.

Os sistemas solares fotovoltaicos são os grandes responsáveis pelo crescimento da produção de energia limpa nos grandes centros urbanos, atendendo desde demandas empresariais, até demandas residenciais, como casas e empreendimento mobiliários.

Um fator bastante relevante é o fato deste sistema demostrar capacidade de fazer parte da função do imóvel, sem alterar sua estética e mantendo a sua função primária, poupar energia elétrica.

A instalação dos painéis fotovoltaicos é algo simples de ser feito e de manter a manutenção, uma vez que ele não possui partes móveis que necessitem de lubrificação ou substituição. Ele também não gera poluição nenhuma, seja visual ou acústica.

 Mas quais os cuidados que devem ser tomados antes da instalação?

Para poder desfrutar da energia solar fotovoltaica na construção civil com segurança é fundamental que alguns cuidados sejam considerados, dentre eles, os seguintes:

  • É preciso evitar que o sistema fotovoltaico fique sob a sombra de caixas d’água, chaminés, toldos e outros objetos, pois isso pode interferir na performance dos painéis. Quando o sombreamento for inevitável, é possível redimensionar o tamanho do sistema, para que compense as áreas sombreadas.

 

  • A posição e angulação do sistema são pontos de atenção. A empresa responsável pela instalação poderá informar o melhor posicionamento para os painéis.

 

  • Instalações elétricas requerem aterramento, sistema que tem por finalidade reduzir a variação de tensão em uma rede elétrica, eliminando fugas de energia e protegendo os usuários de possíveis choques elétricos.

 

  • Para implementar painéis fotovoltaicos no solo, é preciso garantir que o terreno possua terraplanagem, drenagem e resistência para escavação da estrutura metálica que sustenta os painéis. Na ENGIE, realizados esses serviços conforme a necessidade do cliente.

 

  • As instalações em telhados já construídos exigem que o local esteja com infraestrutura em boas condições. Para isso, é necessária a presença de um projeto estrutural do telhado, bem como um laudo e uma Anotação de Responsabilidade Técnica (ART Civil), que o engenheiro da empresa responsável pela instalação do sistema fotovoltaico deve avaliar.

 Portanto, após observar como funciona e quais são os cuidados necessários está na hora de considerar a implementação deste sistema solar em sua construção. Visto que a manutenção é de baixíssimo custo e é bastante sustentável, pois, não emitem gases do efeito estufa em seu processo de geração de energia.

 Ademais, este sistema solar fotovoltaico é repleto de benefícios e vale muito a pena implementar na sua construção.

Quem somos

Empresa Júnior desde 2011 atuando no mercado profissional com qualidade e capacidade de realizar projetos com alta performance e atender as necessidades de nossos clientes.

Horário de funcionamento

Segunda a sexta
10:00 – 18:00

Telefone

(11) 97694-5672

Acompanhe-nos

Rolar para o topo
Mande uma mensagem!
1
Conte como podemos te ajudar!
Olá!
Fale com a EJEM pelo Whatsapp e faça seu orçamento agora!