Como a Realidade Aumentada te Ajuda a Entender Melhor um Projeto

Isabella de Macedo Sousa

Exemplo de projeto com Realidade Aumentada

O termo foi criado pelo cientista Thomas P. Caudell, em 1992 enquanto projetava para a empresa de aviões Boeing. Seu objetivo era mostrar, por meio de um dispositivo, instruções para guiar os trabalhadores. Já os primeiros sistemas de realidade aumentada surgiram um pouco antes, um exemplo é o HMD.

O Head Mounted Display (HMD) foi criado em 1968 por Ivan Sutherland, um capacete pesado sustentado por uma estrutura presa ao teto. Por permitir ver objetos que outras pessoas, no mesmo ambiente, não conseguiam enxergar, foi tido como uma invenção fascinante.  O dispositivo parecia uma tecnologia atual, porém com menor qualidade visual.

A Realidade Aumentada é um mecanismo que traz elementos virtuais para o nosso mundo real. Essa tecnologia te permite projetar algo e antecipar o resultado final, seja através de programas ou aplicativos. O conceito que existe há décadas se tornou muito famoso através do universo dos videogames e aplicativos. Se você andasse na rua em 2016 era comum ver alguém apontando o celular para procurar Pokémons (Jogo Pokémon Go).

Não confunda Realidade Virtual (VR, virtual reality em inglês) com Realidade Aumentada (AR, augmented reality em inglês). A VR reproduz o mundo real num ambiente digital, utilizando tecnologias que criam um ambiente simulado, sendo tudo digital. A AR te permite aplicar o virtual no mundo real, projetando algo em um ambiente físico.

Exemplos de Realidade Virtual:

  • Vídeos 360°
  • Óculos de Realidade Virtual
  • BIM (Building Information Modeling)

Exemplos de Realidade Aumentada:

  • Filtros do Instagram
  • QR Code
  • Aplicativos

 

Na engenharia civil já sabemos que é importante evitar desperdícios, então essa ferramenta se torna uma grande aliada. Algumas empresas já a adotaram, para que o cliente consiga visualizar melhor o produto ao invés de ficar na dúvida e não comprar. Exemplos são aplicativos para simular a cor da tinta na parede ou até mesmo visualizar móveis na sua casa (IKEA Place).

A realidade aumentada permite o enriquecimento das imagens com detalhes e outras informações que tornam o projeto mais claro para o cliente. Com esse dispositivo o consumidor consegue ter uma visão de como tudo ficará, podendo opinar para ter um resultado final que o agrade.

A construção tem implementado cada vez mais tecnologias que facilitam a elaboração e visualização de um projeto. A evolução foi dos desenhos a lápis para o AutocAD e ferramentas de realidade virtual, que já trazem a modelagem 3D.  Programas como BIM e SketchUp são grandes exemplos, colaborando para o detalhamento de obras e design.

A AR entra proporcionando algo diferente, observar o projeto, ou objeto no ambiente em que você está. Pode ser usada por meio de softwares ou dispositivos móveis e traz diversos benefícios para a área. Por unir os projetos virtuais ao canteiro de obra, ela colabora para otimização de processos e diminuição de falhas.

Plantas com informações mais precisas e desperdícios de materiais também são problemas que podem ser resolvidos. Possibilitando o desenvolvimento de projetos tridimensionais, ela proporciona uma visão mais exata daquilo que será construído.

Através de sensores, mecanismos óticos e processadores holográficos, a realidade aumentada gera imagens virtuais, possibilitando saber o dimensionamento da obra.

Dentre as aplicações na construção civil, temos:

  • Plantas 3D: Permitem que o usuário visualize o projeto 3D em escala, a planta vira um holograma no espaço a ser construído. Colabora na apresentação para que o cliente tenha melhor noção do espaço, facilitando o entendimento do projeto final.
  • Aplicativos de medição: réguas digitais podem ser úteis para quando você tem apenas o celular em mãos. Existem alguns que até permitem que você ligue a câmera e desenhe plantas a partir de um ambiente real.
  • Capacetes/óculos: Estes dispositivos te dão a visão de um ambiente 3D em tamanho real. Facilitam a construção de projetos complexos por permitirem a análise do andamento da obra.
  • Treinamentos: com a RA é possível realizar testes para mostrar projetos reais aos operadores. A tecnologia repleta de detalhes virtuais permite um treinamento mais fácil e completo, de forma eficaz e produtiva.

Na questão de vantagens, ela se destaca pela produtividade, eficiência e custo. A possibilidade de prever uma falha por meio do projeto diminui gastos e problemas mais complexos na obra. Além de ter modelos mais detalhados e completos, facilitando o reconhecimento de elementos, o que beneficia tanto o construtor quanto o cliente.

Como antes citado, se o consumidor consegue entender o seu produto, é mais provável que ele goste e concretize a compra.  Várias empresas têm utilizado a Realidade Aumentada para obter maior sucesso comercial, por garantir uma boa experiência para o consumidor. É possível trazer por exemplo um tour virtual, permitindo maior credibilidade para a construtora.

5 aplicativos e dispositivos de realidade aumentada para a construção civil:

  1. HoloLens: Esse dispositivo é um dos mais conhecidos quando falamos de realidade aumentada. A criação da Microsoft projeta modelos tridimensionais e já tem diversas colaborações nas mais variadas áreas, até mesmo na medicina. Na engenharia ele permite a visualização 3D e interação de um projeto.
  2. DAQRI Smart Helmet: Um capacete com diversos sensores que registram e permitem interações em 360° com o ambiente. É como se o operador estivesse com uma visão de Raio-x da obra, podendo comparar o projeto com o trabalho em andamento.
  3. Augment: O aplicativo possibilita a visualização de modelos 3D em tempo real e escala correta. Estando disponível tanto para iOS quanto para Android, é muito utilizado nas vendas, por chamar atenção dos clientes.
  4. DAQRI 4D: Esse aplicativo inova ao implementar o ambiente 4D, trazendo visualizações criativas e utilizando storytelling. Ele insere narrativas para compor a realidade aumentada.
  5. Gamma Ar: Um aplicativo que usa a realidade aumentada para sobrepor construções em 3D BIM por meio de dispositivos móveis. Possibilitando o monitoramento do canteiro de obras.

Custos

Se formos analisar a questão de ter acesso à realidade aumentada para uso pessoal por exemplo, você pode simplesmente baixar um aplicativo gratuito. Se o objetivo é utilizar a tecnologia para uso mais complexo, como empresarial, o debate já é outro, tendo em vista a dimensão do projeto.

Para pequenos empreendedores no ramo, aplicativos pagos já podem ser uma boa solução, considerando que são mais completos. Para grandes empresas que dispõem de um caixa maior para investimentos, seria interessante apostar nos dispositivos como HoloLens. O problema neste ponto é o fato de muitos serem produtos internacionais. A última versão da tecnologia da Microsoft chegou ao mercado por US$ 3,5 mil, cerca de R$ 14 mil na época.

Na parte de treinamentos, o gasto também deve ser analisado, já que para uma aplicação eficaz será necessário investir um pouco mais. É necessário citar em todos os casos o retorno, pois a realidade aumentada previne diversos problemas que podem trazer altos custos.

A realidade aumentada no Brasil

Em 2019 a projeção para a tecnologia era de crescimento, por atrair a Indústria 4.0. Caso utilizada no melhor potencial, a AR colabora para a produtividade e eficiência dos funcionários. No Brasil ainda não há tanto conhecimento sobre a tecnologia, mas tem tido avanços.

O mecanismo tem entrado em solo brasileiro por meio de empresas que viram potencial de crescimento e melhoria em suas produções. Um exemplo é a Tetra Park, referência na produção de embalagens para a indústria de alimentos e bebidas. Foi uma das primeiras empresas no país a aplicar o HoloLens na linha de produção, permitindo o auxílio aos funcionários de forma remota.

Conclusão

No geral, a realidade aumentada é benéfica para reduzir as dúvidas com relação ao projeto, trazendo mais confiança. Diminui problemas e riscos durante a obra, além de maior produtividade no canteiro de obras. Também tornando possível comparar o projeto com a área construída.

Pode-se perceber que essa é uma tecnologia que só tem a favorecer a Engenharia e as demais áreas. Sendo utilizada com eficiência e de forma correta, a tendência é que ela seja cada vez mais comum em nossas vidas. Destacando-se pelos benefícios de ambos os lados, consumidor e prestador do serviço.

Quem somos

Empresa Júnior desde 2011 atuando no mercado profissional com qualidade e capacidade de realizar projetos com alta performance e atender as necessidades de nossos clientes.

Horário de funcionamento

Segunda a sexta
10:00 – 18:00

Telefone

(15) 99615-4524

Acompanhe-nos

Rolar para o topo
Mande uma mensagem!
1
Conte como podemos te ajudar!
Olá!
Fale com a EJEM pelo Whatsapp e faça seu orçamento agora!