10 BENEFÍCIOS DE TER UM PLANO DE NEGÓCIOS ESTRUTURADO

10 Benefícios de ter um plano de negócios estruturado

Ana Julia Secco

Pessoas trabalhando em harmonia possivelmente fazendo um plano de negócios

O sucesso de um empreendimento está intrinsecamente ligado ao seu planejamento e sua gestão. Para isso há o Plano de negócios, que quando é bem estruturado apresenta inúmeros benefícios. Esses benefícios podem ser vistos nos processos de produção, na capacidade produtiva dos funcionários, entre outros tópicos, porém ele atinge as estratégias financeiras, que são as mais difíceis de mensurar sem um estudo prévio.

O Brasil é um dos países com os maiores índices de empresas privadas do mundo, porém, segundo o IBGE, 21% delas vão a falência no seu primeiro ano de atividade e 60% em menos de cinco anos. Isso acontece por diversos motivos, entretanto um dos principais problemas entre os pequenos e médios empreendimentos é a falta de planejamento e organização na hora de abrir ou expandir seu negócio, como exemplifica a Forbes.

Apesar dessa realidade, há meios de traçar um planejamento prévio a abertura de sua empresa como, por exemplo, com um Plano de Negócios, que é um  estudo de planejamento e gestão, que analisa o seu produto/serviço, o mercado que está envolto a ele, seus fornecedores, analisa a viabilidade econômica em diferentes cenários, etc. Assim, fica mais claro para a empresa quais são seus pontos fortes e fracos, quais são as medidas que devem ser tomadas, quais são seus riscos, gerando assim mais preparo para lidar com situações a longo prazo.

Por isso, é de extrema importância ter um Plano de Negócios estruturado antes de abrir ou expandir sua empresa, então confira abaixo 10 benefícios desse serviço:

  1. ORGANIZAÇÃO DOS DADOS DO EMPREENDIMENTO

Inicialmente, para um Plano de Negócios é sempre necessário ter um Sumário Executivo, que é um relatório que une todas as informações sobre o empreendimento, desde a mais simples como a Razão Social da empresa, até os documentos legais necessários. Esse é um ponto muito importante porque a partir desta organização é possível guiar diversos estudos e variáveis para tomada de certas decisões. Um exemplo é o planejamento tributário, que muitas vezes é deixado em segundo plano, porém faz grande diferença ao longo dos anos, então abrir seu empreendimento no Regime Tributário ideal é primordial para que o resto flua bem. 

  1. DEFINIR UM POSICIONAMENTO NO MERCADO

Um ponto importante para direcionar e estabelecer premissas iniciais é entender como a sua empresa se posiciona no mercado, ou seja, qual seu tamanho, seu diferencial, o que ela tem de valor agregado, como ela é vista pelos seus clientes e concorrentes, entre outros fatores. Então é preciso fazer uma análise íntima de como ela é apresentada à sociedade, para identificar seus pontos favoráveis e adversos e entender suas problemáticas. Além de equilibrar a imagem que ela quer passar para o público de acordo com seus valores e o que ela realmente está transmitindo.

  1. TRAÇAR METAS REAIS

Muitas vezes, empresas iniciam suas atividades sem metas definidas ou com metas irreais para determinado cenário. Com um Plano de Negócios é possível chegar em um intermédio entre o desejo do cliente e a realidade que há em seu mercado, localização e momento de mundo.

Para isso, há um planejamento estratégico que cria metas a curto, médio e longo prazo para o empreendimento de acordo com a sua realidade e posicionamento, como no item anterior. Um dos principais interesses dos pequenos e médios empresários é abrir um ponto físico ou expandir suas unidades, além disso, pode haver também metas de faturamento, metas de patrocinadores. 

  1. COMPREENDER O MERCADO NO QUAL ESTÁ INSERIDO 

Com esse tipo de serviço é possível compreender o mercado no qual sua empresa está inserida, é possível portanto, ter uma ampla visão de como anda seu ramo de atuação com base em análises de cunho econômico, social, relacionadas a questões ambientais, políticas, históricas, etc. Isso faz com que se tenha mais certeza na tomada de certas decisões, pois o administrador terá mais ciência de como anda sua atividade no mercado nacional e internacional. Também se entende como o mercado reage a mudanças, o que se destaca nele, quais são suas forças e fragilidades. 

  1. AUMENTAR SEU NÚMERO DE CLIENTES

Uma parte primordial em um Plano de Negócios é o Plano de Marketing. Quando ele é bem estruturado o empreendedor consegue expandir sua cartela de clientes, pois sua marca e seus produtos/serviços chegarão a mais pessoas. Dependendo da estratégia escolhida os clientes podem chegar de forma mais orgânica e assim teria mais demanda, com diminuição de gastos de tempo e dinheiro e aumento de pedidos. 

Além disso, um serviço desse tipo faz com que sua empresa seja vista por diversas pessoas, então há uma grande probabilidade de fazer parcerias com empresas do mesmo ramo ou afins.

  1. CAPTAR NOVOS PATROCINADORES

É de extrema importância que seu negócio tenha patrocinadores, pessoas/instituições que acreditem e invistam nele, para que você tenha mais força de mercado, ajuda financeira e formas de aprimorar seus produtos/serviços e portanto, agregar valor a eles. Porém nem sempre é simples conquistar um patrocinador, por isso que é essencial um Plano de Negócios bem estruturado para que os possíveis patrocinadores tenham uma visão concreta sobre o empreendimento, para que ele tenha uma visão global sobre tudo o que circunda aquele negócio.

  1. ORGANIZAR AS TAREFAS DOS FUNCIONÁRIOS

Os funcionários são a alma de uma empresa, sem eles nada acontece, portanto, é de suma importância que eles tenham de forma bem definida e estruturada suas tarefas. Para isso, há um Plano Operacional, no qual os processos de produção, vendas, administrativos, entre outros, são mapeados e estudados, normalmente fazendo um “As is / To be”, para que se evite gastos desnecessários.

Em consequência disso, os escopos dos funcionários são definidos e padronizados para que eles saibam exatamente o que deve ser feito, em qual momento, em qual ordem, desse jeito há a diminuição de colaboradores sobrecarregados ou ociosos. 

  1. MELHORAR O CLIMA ORGANIZACIONAL

 

A partir de um Plano Operacional, como dito acima, é possível perceber uma melhor no clima organizacional, porque o ambiente se torna mais organizado, muitas vezes mais limpo, os colaboradores sabem exatamente o que deve ser feito, então eles têm mais autonomia no seu cotidiano, mais formas de se organizarem com tempo de entrega de cada atividade, além de evitar, como supradito, sobrecarga ou tempo ocioso de trabalho. Como o trabalho flui melhor, os associados se sentem mais confortáveis. 

 

  1. AUMENTAR A CAPACIDADE PRODUTIVA E DIMINUIR GASTOS

A fusão entre processos organizados e melhora no clima organizacional gera um crescimento expressivo na capacidade produtiva da sua indústria ou escritório. Porque pessoas motivadas e com seu serviço organizado tendem a realizar de forma mais eficaz suas tarefas, consequentemente, aumentando então sua produção. 

Outro ponto, é a diminuição de gastos, que se dá por eliminar gargalos a partir da junção dos ponto citados acima, já que eles eliminam gargalos da produção, eliminam as causas raízes de problemas existentes, diminuem o tempo ocioso de cada etapa do processo, fazem com que o trabalho seja melhor planejado, muitas vezes também é pensado em um novo layout, então o fluxo é também aprimorado. Por fim, tem-se muito mais produção em menos tempo e menos gastos. 

  1. PLANEJAR FINANCEIRAMENTE SUA EMPRESA

Por fim, porém tão importante quanto os outros benefícios, está o Plano Financeiro! Essa é a fase na qual muitas pessoas têm dificuldade em estruturar, porque depende de diversas variáveis, por isso muitas empresas vão a falência em seus primeiros anos de atividade como foi diagnosticado pelo IBGE. Sem um bom plano financeiro os empreendimentos tendem ao fracasso, ou seja, nunca se pode abrir um negócio sem o mínimo de estratégia e preparo, senão as chances de as situações saírem do controle é alta.

Também é apresentado em um Plano Financeiro 3 possíveis cenários, um realista, um otimista e um pessimista, para que o empreendedor saiba tomar melhores decisões e para que ele se prepare para cada um deles, porque cada um demanda um fluxo de produção diferente, estratégias diferentes, as vezes pode divergir até o número de funcionários ativos, então são inúmeras possibilidades que necessitam de um profundo estudo envolvido. 

Apesar de ser tão complexo, ele é fundamental em um Plano de Negócios tanto previamente a abertura da empresa ou quando há a vontade de expandi-la.

Agora que você já sabe alguns dos benefícios que esse serviço te oferece, fica claro que sem um Plano de Negócios é muito arriscado e minimante recomendado abrir uma empresa.

Quem somos

Empresa Júnior desde 2011 atuando no mercado profissional com qualidade e capacidade de realizar projetos com alta performance e atender as necessidades de nossos clientes.

Horário de funcionamento

Segunda a sexta
10:00 – 18:00

Telefone

(11) 97694-5672

Acompanhe-nos

Rolar para o topo
Mande uma mensagem!
1
Conte como podemos te ajudar!
Olá!
Agora você pode falar com a EJEM, pelo WhatsApp.