ANÁLISE DE ÁGUA: O QUE É, POR QUE FAZER E COMO FAZER?

Análise de água: O que é, por que e como fazer?

Ketley Caroline Rocha Pereira

imagem contém amostra em tubo de Falcon para análise de água.

A água é um dos fatores essenciais a vida, sendo apresentado no Brasil uma média de consumo por pessoa de 200 litros por dia, isso apenas para o consumo doméstico (fonte: Sabesp). Além do consumo doméstico há muitos outros locais de aplicação da água, como na agricultura, indústrias e lazer.

Podemos encontrar a água em oceanos, rios, lagos, lençóis freáticos, entre outros locais, e em cada um desses lugares ela é cercada por diferentes aspectos e condições que podem interferir em suas características e sua qualidade para o consumo, podendo ser essas, resultado de fontes poluidoras ou apenas de condições do ambiente.

Para reconhecer essas características as identificamos pela análise da água, feita a partir da coleta de uma quantidade de água e reconhecendo suas características por meio de testes físico-químicos e microbiológicos, obtendo assim informações que determinarão qual será seu melhor uso ou se existe a necessidade de correção das condições, para assim poder ser consumida.

O que é a Análise de Água?

Uma aplicação ou estudo em uma amostra de água para se identificar os compostos e características da água e assim provar sua adequação para seus diferentes usos.

Dependendo do uso da água, sendo ele para consumo humano, indústrias e processamento de produtos, limpeza, agricultura ou águas de reuso, os parâmetros a serem alcançados variam, todos eles com o objetivo de evitarem danos aos consumidores. Para alcançar esses valores ou certificar que eles estão dentro do padrão estabelecido por lei, é feito um acompanhamento das características da água, conhecido como controle de qualidade.

Para as águas de consumo humano a PORTARIA No 2.914, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2011 do Ministério da Saúde visa uma vigilância para sua qualidade. Segundo essa portaria, a análise das características da água deve ser feita e essas mesmas características devem atender os parâmetros já definidos, para assim manter a segurança de seus consumidores. Quanto aos outros usos, os parâmetros definidos dependem de seus contatos e objetivos, podendo ter um acompanhamento mais flexível ou mais restrito.

Alguns dos parâmetros que devem ser estudados nas amostras são os parâmetros físicos, químicos e biológicos (ou microbiológicos), que abrangem estudo de cor, sólidos, algumas substâncias químicas e microrganismos causadores de doenças, todos eles tendo possibilidade de apresentar um impacto em seu uso final.

Por que fazer a Análise de Água?

As características da água exercem um impacto direto na saúde, produção, limpeza e sistemas de qualidade.

O controle de qualidade da água é importante em vários níveis e podem evitar ocorrências que podem prejudicar tanto em questões de saúde, quanto em questões industriais.

Águas com alguns constituintes utilizadas em indústria podem danificar algumas máquinas e alterar características de seus produtos, que ao final, também se voltam para o consumo humano. Em questões de produção, aos amantes da famosa breja, os compostos e características químicas da água, sendo ela uma das principais matérias primas para a fabricação da cerveja, podem afetar diretamente seu sabor ou até mesmo prejudicar alguma das fases de seu processamento. O estudo das características da água e a sua manutenção é uma parte importante da produção de cervejas, desde a grande empresa até as menores cervejarias artesanais.

Leia mais: A importância da água na fabricação da cerveja

A água até chegar na sua fase de consumo passa por diversos processos e pode ser retirada de diversos locais, todos eles passando por transformações causadas pelo homem ou pelos processos geológicos. Algumas das formas que a água pode ser alterada pelo homem é pela poluição, o despejo de substâncias químicas de indústrias ou de esgotos não tratados.

Nesse aspecto podemos ver que o grande problema seria a questão da saúde. Substâncias químicas em certos níveis podem ser tóxicas para o ser humano e esgotos não tratados trazem resquícios de rejeitos humanos, em que juntos são eliminados microrganismos com grande nível de contágio e são causadores de doenças. A análise de água nesse quesito, poderia nos trazer informações e evitar que as pessoas consumissem uma água que trará consequências desagradáveis no futuro, sendo assim, uma questão de prevenção.

Esses são apenas alguns exemplos do que uma vigilância da qualidade da água pode fazer diferença. Ainda há muitos processos e acidentes que podem acontecer e que causariam uma alteração na qualidade de água, e que podem refletir diretamente no nosso bolso e no pior dos casos, na nossa saúde. O controle e o acompanhamento dos parâmetros da água podem apresentar informações que podem nos avisar de alguns problemas da fonte da água que estamos consumindo, como o sistema de limpeza, se não há nenhuma interferência no caminho entre a estação de tratamento e nossas residências, além de permitir que se faça algo a respeito da fonte causadora.

Além das indústrias e as estações, muitos outros estabelecimentos como restaurantes, condomínios, sistemas individuais como cisternas de águas de reuso, entre outros, precisam desse acompanhamento para manter a integridade de seus consumidores e seu uso próprio, se esse for o caso. 

Como fazer?

Por análises químicas, físicas e biológicas da amostra de interesse, no caso, a água.

O controle de qualidade da água é feito a partir de testes físico-químicos e microbiológicos, porém, esses métodos necessitam de certos materiais, estruturas e conhecimentos prévios, podendo ser realizado em laboratórios químicos e biológicos.

Algumas alterações podemos ver a olho nu (como cor ou presença de sólidos) e até o consumidor pode perceber, caso haja alguma alteração, uma diferença no gosto da água, mas em outros parâmetros, quando se trata da constituição química e microbiológica, exige uma análise mais minuciosa e completa. O processo da análise começa desde a coleta, em que a mesma deve ser feita em etapas pré-definidas por ter toda uma probabilidade de contaminação com meios externos.

De forma resumida, o processo de análise consiste em:

1. Coleta de uma quantidade de água em recipientes apropriados e limpos para evitar a contaminação;

2. Dependendo da análise, é preciso ser feita a refrigeração da amostra até a chegada no laboratório, além de possuir um tempo entre a coleta e a análise para evitar erros;

3. A amostra é encaminhada ao laboratório de análise e lá ela é separada e tratada de acordo com tal análise;

4. As análises podem ser feitas por métodos químicos manuais ou com a utilização de equipamentos,sendo algumas delas:

• pH

• Cloretos

• Dureza

• Alcalinidade

• Turbidez

• Outras

5. Já as análises microbiológicas são feitas por cultura (chama-se cultura pois é colocada uma amostra em um meio nutritivo que leva ao crescimento dos microrganismos para que possam ser identificados) e identificação dos microrganismos por outros métodos microbiológicos;

6. De acordo com os métodos empregados há uma forma de identificar e contabilizar os parâmetros dos materiais de interesse na amostra e assim compará-los com os padrões estabelecidos por lei (que se alteram dependendo do uso).

Sendo assim, levando em conta todos os usos da água em nosso cotidiano, como na higiene pessoal, preparação de alimentos, lazer (piscinas, por exemplo), hidratação, limpeza, produção de alimentos, sistemas de agricultura e pecuária, manutenção de equipamentos; e pensando também em todos os processos e todas as alterações que lhe são possíveis, desde o momento em que ela sai da estação de tratamento e chega até nossa casa, podemos concluir que a análise e o controle da qualidade da água é algo mais que essencial para nossa qualidade de vida, não é?

4 BENEFÍCIOS DE UM PLANEJAMENTO FINANCEIRO

4 DICAS PARA VOCÊ COMEÇAR A CONSTRUIR

O QUE É, E QUAIS BENEFÍCIOS A PROTOTIPAGEM PODE TRAZER NO SEU PROJETO

Quem somos

Empresa Júnior desde 2011 atuando no mercado profissional com qualidade e capacidade de realizar projetos com alta performance e atender as necessidades de nossos clientes.

Horário de funcionamento

Segunda a sexta
10:00 – 18:00

Telefone

(11) 97694-5672

Acompanhe-nos

Rolar para o topo
Mande uma mensagem!
1
Conte como podemos te ajudar!
Olá!
Agora você pode falar com a EJEM, pelo WhatsApp.